.

MULHERES QUE MATAM

ALBERTO BARRERA TYSZKA

Em Mulheres que Matam, Alberto Barrera Tyszka vai da simples literatura ao profetismo. O livro conta a história da reconstrução que Sebastián, juntamente de uma estudante de jornalismo, Elisa Naranjo, faz dos últimos dias de sua mãe, Magaly Jiménez, que fora encontrada sem vida em seu apartamento.

O fim dela foi o mesmo de muitas outras mulheres da época: suicídio. Sebastián estava afastado de sua mãe havia anos, pois estudava em Los Angeles, nos Estados Unidos. Após o enterro de Magaly, ele é informado de um bilhete de despedida deixado por sua mãe.

O bilhete e o apartamento são as únicas pistas que Sebastián tem para conhecer a mulher que pensava saber tudo a respeito, mas que descobrira que não sabia nada. A história contém ecos de distopias orwellianas e fantasias kafkianas.

Tyszka trata de temas caros aos nossos dias, como totalitarismo, cumplicidade da mídia, o papel da literatura na formação do indivíduo e até mesmo questões relacionadas ao feminino, sem perder o fio da meada. O autor resiste à tentação de transformar seu romance em um ensaio e, com isso, demonstra um domínio da técnica que justifica seu sucesso.

R$59,90
R$38,94 Economize 35%
Impostos inclusos
Quantidade:

Em Mulheres que Matam, Alberto Barrera Tyszka vai da simples literatura ao profetismo. O livro conta a história da reconstrução que Sebastián, juntamente de uma estudante de jornalismo, Elisa Naranjo, faz dos últimos dias de sua mãe, Magaly Jiménez, que fora encontrada sem vida em seu apartamento. O fim dela foi o mesmo de muitas outras mulheres da época: suicídio. Sebastián estava afastado de sua mãe havia anos, pois estudava em Los Angeles, nos Estados Unidos. Após o enterro de Magaly, ele é informado de um bilhete de despedida deixado por sua mãe. O bilhete e o apartamento são as únicas pistas que Sebastián tem para conhecer a mulher que pensava saber tudo a respeito, mas que descobrira que não sabia nada. A história contém ecos de distopias orwellianas e fantasias kafkianas. Tyszka trata de temas caros aos nossos dias, como totalitarismo, cumplicidade da mídia, o papel da literatura na formação do indivíduo e até mesmo questões relacionadas ao feminino, sem perder o fio da meada. O autor resiste à tentação de transformar seu romance em um ensaio e, com isso, demonstra um domínio da técnica que justifica seu sucesso.

6618
2021-09-21

Ficha técnica

Titulo
MULHERES QUE MATAM
Autor
ALBERTO BARRERA TYSZKA
Código
6618
Editora
É REALIZAÇÕES EDITORA
Páginas
248
Formato
14.00 x 21.00 cm
Peso
316.00 g.
ISBN
9786586217100

Referências específicas

Produto novo

Nenhum comentário ou avaliação no momento.

  • Política de segurança: Respeitamos a sua privacidade e segurança em relação a qualquer informação sua que possamos coletar. Política de segurança: Respeitamos a sua privacidade e segurança em relação a qualquer informação sua que possamos coletar.
  • Política de entrega: O envio será realizado em até 2 (dois) dias úteis após a aprovação do pagamento do pedido. Política de entrega: O envio será realizado em até 2 (dois) dias úteis após a aprovação do pagamento do pedido.